Você está aqui:    Home      Home      Mais odiado da história, Temer nega realidade

Mais odiado da história, Temer nega realidade

20 de junho de 2018

Michel Temer afirmou nesta segunda-feira (18) que a última pesquisa Datafolha “não é verdadeira”. De acordo com o levantamento, divulgado no último domingo (10), apenas 3% dos eleitores aprovam a gestão do emedebista e 82% consideram o governo ruim ou péssimo. Temer é o mais impopular ocupante da presidência da República desde a redemocratização do País.

“Em primeiro lugar, a pesquisa não é verdadeira”, disse Temer em entrevista, após a cúpula do Mercosul, na região metropolitana de Assunção, capital do Paraguai.

Procurando se esquivar da pesquisa, Temer preferiu falar sobre o governo.

“Nestes últimos tempos, estou falando de três semanas para cá, em conversas que tive com o presidente [do Senado] Eunício Oliveira, nós aprovamos seis ou sete medidas provisórias numa única noite. Ademais disso, naquela noite aprovou-se a urgência para chamada reoneração que foi votada no dia seguinte no Senado Federal”, afirmou. “Na Câmara, em face conversas que tive com o presidente Rodrigo Maia [DEM-RJ], aprovou-se cadastro positivo, duplicata eletrônica. Agora para esta semana já está ajustada a questão das distribuidoras”, acrescentou.

O emedebista também foi o primeiro ocupante do Planalto denunciado por corrupção – foram duas vezes no ano passado, sendo a primeira por corrupção passiva e a segunda por organização criminosa e obstrução judicial. Também corre o risco de sofrer outra denúncia no âmbito das investigações que apuram suposto recebimento de propina por causa de favorecimentos a empresas setor portuário, com a edição do Decreto dos Portos, no ano passado.

Fonte: Brasil247

Postar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*