Você está aqui:    Home      Home      Força Sindical reage a esvaziamento do Ministério do Trabalho

Força Sindical reage a esvaziamento do Ministério do Trabalho

7 de novembro de 2018
Publicado emHome, Notícias, Política

A formação do novo governo avança, aumentando as especulações sobre o futuro do Ministério do Trabalho. Com a possibilidade da Pasta ser absorvida por outras estruturas, a Força Sindical divulgou nota nesta segunda (5) rechaçando uma eventual fusão com o Ministério do Comércio e Indústria.

Segundo matéria no jornal “Valor Econômico”, entidades do setor industrial encaminharam ao novo governo proposta para criação do Ministério da Produção, Trabalho e Comércio – que absorveria a estrutura atual do Ministério do Trabalho.

O texto, assinado por Miguel Torres (presidente) e João Carlos Gonçalves (secretário-geral), destaca a importância do ministério “como órgão fiscalizador e como força atuante no equilíbrio das relações entre capital e trabalho”.

A Central defende ainda que o próximo ocupante da Pasta possa alavancar ações relevantes para o mundo do trabalho, com medidas que melhorem as relações entre governo, empresariado e trabalhadores, além de “dar um novo alento ao setor produtivo nacional”.

“Queremos o Ministério do Trabalho e Emprego forte, parceiro e protagonista na luta contra a recessão e pela retomada do crescimento econômico do País, com respeito aos direitos sociais, previdenciários e trabalhistas da classe trabalhadora, geração de empregos, distribuição de renda e inclusão social”, desataca a nota.

Mais informações: www.fsindical.org.br

Postar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*