Você está aqui:    Home      Economia      FGTS: Liberação começa dia 13 e apenas 45% pretendem sacar

FGTS: Liberação começa dia 13 e apenas 45% pretendem sacar

9 de setembro de 2019
Publicado emEconomia, Home, Notícias, Slider

Quitar dívidas, começar a investir ou aproveitar para uma viagem; especialistas dão dicas de como usar os R$ 500

A partir do dia 13, valores de até R$ 500 do FGTS começarão a cair na conta dos trabalhadores que têm poupança na Caixa Econômica Federal. Quem não tem poderá sacar a partir de outubro, conforme a data de aniversário. Segundo o Datafolha, 45% dos que têm conta no fundo pretendem fazer o saque.

A liberação extra do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) começa a ser depositada na próxima semana na conta dos trabalhadores que têm poupança na Caixa Econômica Federal.

A partir de 13 de setembro, até R$ 500 de cada conta do fundo, ativa ou inativa, serão depositados automaticamente na poupança. Quem não tem conta no banco poderá sacar a partir de outubro, conforme a data de aniversário.

O governo estima que R$ 40 bilhões serão injetados na economia. Mas, em vez de usar o dinheiro no consumo, grande parte dos trabalhadores com direito ao saque deve usar esse dinheiro para pagar dívidas.

Pesquisa da XP Investimentos em parceria com o Ipespe (Instituto de Pesquisas Sociais, Políticas e Econômicas) mostra que 4 em cada 10 consumidores deve usar o dinheiro para esse fim. A pesquisa ouviu mil entrevistados.

Segundo a Serasa Experian, 23 milhões de brasileiros estão endividados. Em São Paulo, mais de 4,5 milhões têm débitos em atraso de até R$ 500.

Se eles regularizarem a situação financeira, cerca de 39 milhões de dívidas negativadas poderão sair do cadastro de inadimplentes da Serasa.

Fonte: Jornal Contábil

Postar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*