Você está aqui:    Home      Home      Celulose Irani tem receita líquida de R$ 196 milhões no segundo trimestre, alta de 6,0% em relação a 2015

Celulose Irani tem receita líquida de R$ 196 milhões no segundo trimestre, alta de 6,0% em relação a 2015

2 de agosto de 2016
por cason
Publicado emHome, Notícias

A Celulose Irani, uma das principais indústrias brasileiras dos segmentos de Papel para Embalagens e Embalagem de Papelão Ondulado, registrou volume de vendas do segmento Embalagem de Papelão Ondulado de 45,6 mil toneladas no 2T16 e reduziu 4,2% quando comparado ao 2T15. Já o segmento de Papel para Embalagens totalizou 22,1 mil toneladas, registrando um aumento de 23,0% quando comparado ao 2T15. E o segmento de Resinas aumentou 8,0%, alcançando 3,1 mil toneladas.

papelão iraniNo 2T16 registrou alta de 6,0% na Receita Líquida, em relação a igual período de 2015. A variação reflete a relativa estabilidade dos preços e do volume de vendas no período.

O lucro bruto do segundo trimestre apresentou crescimento de 7,5% quando comparado ao 1T16 e redução de 5,0% se comparado ao segundo trimestre de 2015. Reflexo, principalmente, do crescimento da receita e pela variação do valor justo dos ativos biológicos que foi maior em relação ao primeiro trimestre de 2016.

Resultado líquido: no segundo trimestre de 2016, o resultado liquido foi de R$ 2,9 milhões de lucro, em comparação a R$ 10,5 milhões de lucro no 2T15 e negativo em R$ 1,7 milhões no 1T16.

O EBTIDA ajustado no 2T16 foi apurado em R$ 90,4 milhões, 108,9% superior que o apurado no 2T15 de R$ 43,3 milhões, principalmente em função de uma venda adicional de madeira (floresta) no montante de R$ 55,5 milhões. Já a Margem EBITDA foi de 46,0% no 2T16, demonstrando crescimento em relação à margem de 23,4% apresentada no 2T15.

Endividamento: a relação dívida líquida/EBITDA foi de 3,23 vezes em junho de 2016. Se excluída a variação cambial registrada como hedge accounting a relação seria de 2,64x. A posição de caixa ao fim de junho de 2016 foi de R$ 62,7 milhões e 68% da dívida está a longo prazo.

Sobre a Celulose IraniFundada em 1941 e controlada desde 1994 pelo Grupo Habitasul, tradicional Grupo Empresarial da Região Sul do País, a Celulose Irani é hoje uma das líderes do setor de Embalagens de Papelão Ondulado no Brasil, além de ser referência no setor de Papel para Embalagens (rígidas e flexíveis).

Com produção integrada, florestas próprias, energia autogerada e máquinas e equipamentos constantemente atualizados, a IRANI produz papéis para embalagens, chapas e embalagens de papelão ondulado, resinas de pinus, breu e terebintina, assegurando o fornecimento de produtos de matéria-prima renovável com alta qualidade e competitividade.

A Celulose Irani possui seis unidades de negócios: Papel para Embalagens – Vargem Bonita (SC) e Santa Luzia (MG), Embalagem PO – Vargem Bonita (SC), Indaiatuba e São Paulo (SP) e Resinas – Balneário Pinhal (RS), além de florestas em Santa Catarina e Rio Grande do Sul, e escritórios em Porto Alegre (RS) e Joaçaba (SC). Empresas controladas pela IRANI: Habitasul Florestal S.A., HGE – Geração de Energia Sustentável S.A. e Irani Geração de Energia Sustentável Ltda (que estão em fase pré-operacional) em Porto Alegre (RS) e Iraflor Comércio de Madeiras Ltda em Vargem Bonita (SC).

Fonte: Celulose Online

Postar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*